EM DEFESA DOS ESTUDANTES E DO POVO DE SANTA CATARINA


A União Catarinense das e dos Estudantes (UCE) está de casa nova e te convidamos a ocupá-la. Venha, explore cada centímetro, palpite, contribua, vamos deixa-la cada dia melhor e mais bonita, cada vez mais com a cara do estudante catarinense, mas pode ficar tranquilo, nossa mudança foi só aqui na web, permanecemos na nossa histórica sede em Floripa e residindo nos mesmos ideais que deram início a essa entidade, que há 67 anos vem lutando por uma educação pública, gratuita e de qualidade.

Foto: MARUIM / maruim.org

Essa casa nova construída colaborativamente por diversos estudantes  vem para expressar um pouco do que somos e o que queremos, jovens de espírito cheios de garra para lutar pelos seus direitos [pois educação é um direito, assegurado pela Constituição Federal ¹, art. 205 – 214, Declaração Universal dos Direitos Humanos ², art. 26º, entre outros documentos], pessoas eufóricas por um mundo mais justo, conectados, dinâmicos, sendo assim nossa casa precisava muito de uma reforma.

Nessa nova sede, a ideia além de embelezar e dinamizar é também aproximar os estudantes, trazer toda essa galera que faz ciência, luta bravamente por mas direitos em sua universidade para dialogar e juntos construirmos projetos amplos, que atendam o maior número de pessoas e assim possamos continuar cumprindo nossa missão de defender os estudantes e o povo de Santa Catarina (ou melhor sendo mais abrangente, defender a soberania popular, a voz do povo).

Esse manifesto se encerra então da mesma forma que iniciou, te convidando a estar conosco construindo uma nação melhor, de todos e para todos, mande seus textos, artigos, discussões, vídeos, seja colunista no nosso blog, bora ocupar esse mundão virtual que conecta o globo e todas as quebradas, que é onde consquistamos nossas vitórias, A RUA É NOSSA! A INTERNET É NOSSA!

____________________________

[1] Constituição Federal 1988 – http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm
[2] Declaração Universal dos Direitos Humanos – http://www.ohchr.org/EN/UDHR/Documents/UDHR_Translations/por.pdf

Comentários
Tags:,

LEIA TAMBÉM

Comments are closed here.